fbpx

Lays Amaral

Qual o melhor momento para investir na cultura organizacional?

O título é provocativo e quando estamos falando de investimento não estamos falando apenas de recursos financeiros mas também de tempo e energia. Promover uma transformação cultural é uma tarefa necessária, árdua e que produz muitos resultados positivos aí no seu negócio.

Um detalhe importante e eu já quero começar falando sobre ele é que você já tem uma cultura, forte ou fraca ela existe, está aí bem juntinho a você nesse momento. Independente do dia que você está lendo esse artigo, te convido a refletir sobre os últimos 7 dias.

Quais foram os problemas mais recorrentes?

Que tipo de comportamento a equipe tem e você não aprova?

O que o cliente elogiou?

Algum colaborador pediu demissão? Se sim, qual foi o motivo?

Você perdeu cliente? Por quê?

Algum colaborador te procurou para expressar novas ideias?

A frase: ‘’sempre foi assim’’ é uma realidade por aí?

Respondendo a essas perguntas você terá uma percepção prévia se a sua empresa tem uma cultura direcionada para inovação e resultados ou quem sabe uma cultura de poder, autoritária, onde as pessoas têm medo de se manifestarem. Estamos falando do jeito de ser da empresa, como ela funciona, o que valoriza, o que não tolera. Não se trata do que está no papel, na missão, visão, valores e sim o que a empresa vivencia na prática do dia a dia.

Uma empresa de cultura forte é aquela que é coerente com os seus valores, princípios, normas e regras. Todas as vezes que você fala uma coisa e faz outra a empresa perde credibilidade e esse é o caminho mais rápido para uma cultura frágil onde o turnover é alto e nem mesmo os clientes se sentem seguros para adquirirem os produtos e/ou serviços.

Investir em uma cultura forte começa pelo objetivo. Saber exatamente o motivo pelo qual você quer promover uma transformação cultural é o primeiro passo e o elemento que determina a continuidade do projeto uma vez que se trata de algo contínuo e percebido ao longo do tempo em que a empresa está competindo no mercado. É por esse motivo que você é a pessoa ideal para definir o melhor momento de dar início a essa jornada, depende muito do estágio do seu negócio, do nível de energia e foco para seguir esse caminho, o que posso dizer com clareza é que o quanto antes melhor. Existem comportamentos organizacionais que se tornaram vícios que prejudicam a operação e mesmo que um ou outro colaborador saia da empresa, ficam vestígios de uma postura incoerente com a cultura ideal, inclusive você que está lendo esse artigo pode ser a pessoa que está limitando uma cultura forte aí no seu negócio, vamos ver um exemplo?

Se você exige que os funcionários deem novas ideias, participe das discussões, porém por algum motivo estes tem medo de represálias, medo de errar significa que a estratégia não está alinhada com a estrutura, e isso por si só é suficiente para fragilizar a cultura. Você precisa olhar para esses detalhes e quando não o faz, aquilo que você abomina, acaba acontecendo, bem debaixo do nariz, percebe como cultura é uma coisa delicada? Ao mesmo tempo em que se você estiver atento e fechar todas as brechas ou seja preparar um bom plano de transformação cultural e segui-lo à risca, respeitando o seu negócio, não tem erro, as coisas vão acontecendo naturalmente, onde lá atrás você teve a intenção de ver a empresa mais organizada e coerente.

Olhe para dentro. Verifique o que falta, onde poderia ser potencializado, o que você e somente você pode fazer para ter uma cultura forte e uma empresa relevante para o mercado.

Pense nisso, cultura organizacional é ferramenta para impulsionar o seu negócio.

Share on facebook
Compartilhar
Share on linkedin
Compartilhar
Lays Amaral
Lays Amaral